28/07/17

Opinião: "A Amiga" de Dorothy Koomson

"Quando o marido é promovido, Cece Solarin muda-se para Brighton com os três filhos, animada com a possibilidade de um recomeço. No entanto, o ambiente do bairro que a acolhe parece-lhe ansioso e os vizinhos sobressaltados. 

Cece descobre que, três semanas antes, Yvonne, uma das mães mais populares da zona, foi deixada às portas da morte, no pátio da escola dos filhos - a mesma onde se vê obrigada a inscrever os seus. 

No primeiro dia de aulas, Cece conhece três mães muito diferentes que parecem querer ajudá-la neste novo começo. Mas Maxie, Anaya e Hazel são também amigas de Yvonne, e a polícia desconfia que uma delas poderá estar envolvida no crime. 

Preocupada com a segurança dos filhos, Cece está decidida a descobrir a verdade…"

Wook.pt - A amiga
Boa sexta-feira a todos!!

Hoje, trago-vos mais uma opinião! O livro de hoje é A Amiga, o mais recente livro de Dorothy Koomson, uma autora muito querida dos leitores portugueses. Este livro é também uma novidade da Porto Editora, a quem tenho de agradecer o envio de um exemplar! 

Tenho de admitir que, apesar dos vários livros já publicados por cá, este é o primeiro livro da autora que leio e a experiência não poderia ter sido melhor!

Pelo que percebi ao ler as sinopses dos outros livros da autora, Dorothy Koomson é uma autora mais virada para o romance, mas A Amiga quase que pode ser considerado um thriller (algo que me cativou imenso)!

O livro começa com um recorte de uma notícia acerca de Yvonne, uma popular mãe que semanas antes fora deixada às portas da morte na escola. Ao mesmo tempo, Cece, que acabara de se mudar para Brighton, vê-se envolvida na investigação do que se passou a Yvonne, quando o ex-namorada lhe diz que as suas novas amigas são suspeitas de terem tentado matar Yvonne.

Desde o início somos confrontados com o facto de que qualquer uma das três amigas de Yvonne, Maxie, Anaya e Hazel, guarda um segredo que quer a todo o custo esconder. Ao longo da narrativa vamos também percebendo que Yvonne não era a pessoa que parecia ser e começamos a duvidar se não terá sido efetivamente uma das suas três amigas a tentar matá-la.

A escrita é bastante fluída e os capítulos curtos o que torna a leitura super acessível. Para além disso, penso que a autora conseguiu criar um ambiente de suspense fantástico e que nos deixa agarrados às páginas do livro à espera de desvendar o final

O único contra que tenho a apontar é o facto de, como a história é contada através de quatro pontos de vista diferentes, ao início, ser difícil associarmos os factos que estamos a ler a uma personagem. Mas com o desenrolar da história esse contra rapidamente é ultrapassado pela teia de intrigas em que nos vemos envolvidos e que não vamos querer largar enquanto não descobrirmos a verdade!

Classificação: 4,5/5


Uma leitura com o apoio da

4 comentários:

Maria Francisca disse...

Parece ser super interessante ! Tenho que o adquirir parece um bom livro !
Adorei o teu blog e já estou a seguir, beijinhos :)
http://ganeshamyganesha.blogspot.pt/

Cátia Martins disse...

Ansiosa por ler esse! É o único que me falta dessa autora, todos os outros devorei!

Sandra Maria Matias disse...

Parece interessante. Gosto de literatura onde o conteúdo faça eu viver o que lá está escrito.

Amanda trindade disse...

Olá Carolina,
como vai? Estou aqui retribuindo sua visita ao meu blog, que gostei muito! Quanto a sua resenho, também gostei muito, não conheço a autora, mas vou procurar por livros dela por aqui no Brasil,esse último sei que não tem :(. Mas paciência, vou ficar na torcida de que ele seja publicado por esses cantos. E tive uma ideia, por que não criamos uma parceria entre nossos blogs, acho interessante. Pense e me fale a respeito, certo?

Abraços e boas leituras!!!


http://minhavida-deleitora.blogspot.com.br

Enviar um comentário