19/06/18

Opinião: "O Que Fica Somos Nós" de Jill Santopolo

"Numa luminosa manhã de fim de Verão, Lucy e Gabe encontram-se na universidade, em Nova Iorque, e apaixonam-se. Parece o começo de uma história como muitas outras, mas estamos a 11 de setembro de 2001 e, enquanto a cidade está envolta em poeira e detritos, eles beijam-se e trocam promessas. Assumem que têm de encontrar um significado para as suas vidas, tirar proveito dela, deixar uma marca. Jovens e apaixonados, pareciam ter o mundo a seus pés. Não esperavam que os seus próprios sonhos os separassem. Mas Gabe aceita trabalhar como fotógrafo de imprensa no Médio Oriente e Lucy decide continuar a sua carreira em Nova Iorque.
Treze anos depois, Lucy está numa encruzilhada. Sente a necessidade de revisitar as épocas fundamentais do seu relacionamento com Gabe, marcado por escolhas que os conduziram por diferentes caminhos, ao longo de diferentes vidas. Escolhas que, no entanto, nunca romperam o vínculo profundo que os une. Então, é chegado o momento, naquele dia... Lucy mantém um último segredo, e é hora de o revelar a Gabe. Todas as suas escolhas os conduziram até ali. Agora, uma última escolha decidirá o seu futuro.

Um romance comovente sobre o poder imperecível do primeiro amor com um final inesquecível."

Wook.pt - O Que Fica Somos Nós
Boa tarde, livrólicos!!

Hoje trago-vos a opinião de um dos meus livros preferidos deste ano e um que, sem dúvida nenhuma, me marcou imenso: O Que Fica Somos Nós de Jill Santopolo, uma novidade da Suma de Letras.

A sinopse deste livro foi a primeira coisa a chamar-me à atenção: afinal qual poderia ser o final impressionante que estaria reservado a este romance? Os capítulos curtos foram a segunda coisa, mas o que verdadeiramente me prendeu a este livro foi a sua história.

Uma história sobre o poder do amor e sobre as decisões que tomamos na vida e o impacto destas que me levou às lágrimas.

Gabe e Lucy são como qualquer outro casal que se conhece na universidade, mas que depois decide seguir caminhos diferentes a fim de alcançar os seus objetivos de vida. A única diferença é que eles se conheceram em Nova Iorque no 11 de setembro, o que fez com que criassem um laço incrivelmente forte a uni-los, mesmo quando se separam e cada um foi para uma ponta diferente do mundo.

Outro aspeto que achei bastante interessante foi a forma como a história se desenrola: desde o início percebemos que é Lucy quem narra a história e que a conta a alguém (mais à frente percebemos que é a Gabe que se dirige), mas ficamos sempre sem perceber muito bem o motivo pelo qual o faz. Até chegarmos ao final quando Lucy se vê confrontada com uma decisão impossível de tomar e decide que é hora de revelar os seus segredos ao seu primeiro amor.

As personagens são também muito realistas e deixam-nos com as emoções à flor da pele: tanto nos surpreendem com os seus gestos grandiosos, como nos desiludem perante os seus comportamentos e decisões. Mas, no fim de contas, não é assim com toda a gente? As personagens deste livro são personagens imperfeitas com bastantes defeitos, mas também com os seus aspetos positivos, tal como acontece na vida real.

O final é bastante inesperado e, tal como já referi, deixou-me com lágrimas nos olhos. Cada vez mais me ando a tornar fã de romances e livros como este (em que o final não é aquilo que estamos à espera, porque é o que acontece com todos os outros) são uma lufada de ar fresco!

Sem dúvida que recomendo este livro a toda a gente. Quer sejam grandes fãs de romance ou nem por isso, tenho a certeza de que este livro vos irá marcar e que se tornará uma incrível leitura para os dias quentes que se avizinham!

Classificação: 5/5

Uma leitura com apoio da
Foto de Suma de Letras Portugal.

2 comentários:

Mad Costa disse...

Olá!
Tenho visto este livro em alguns blogs e a sinopse sempre me chamou a atenção. A tua opinião deixou-me extremamente curiosa, parece ser mesmo uma boa leitura, e se tem capítulos curtos ainda melhor (torna sempre a leitura mais agradável). Tenho de adicionar este livro à minha wishlist!
Boas leituras.
- Mad (http://presa-nas-palavras.blogspot.com/)

Mina Jankovic disse...

Nice post. 🙂
Following you! Follow back?

www.minnieart.blogspot.com

Enviar um comentário